domingo, 4 de novembro de 2012

Uai love Juiz de Fora. Aqui é Minas, e não Rio de Janeiro


Por Marcos Niemeyer
Acompanhe-nos no Facebook.  

>> Juiz de Fora (imagem aérea) - a mais "carioca" das cidades mineiras - tem, sem dúvida, um dos melhores climas do Brasil. Se o calor costuma surpreender nativos e visitantes, logo vem uma frente fria para alívio geral. Neste fim de semana, por exemplo, o céu ficou nublado e a temperatura máxima foi de 17 graus.

Mas nem tudo são flores neste atraente e cosmopolita centro urbano. Já vai longe o tempo em que se podia andar tranquilamente por suas ruas. Atualmente a situação da segurança pública escorre da lama ao esgoto.

Assaltos a mão armada em plena luz do dia, tiroteios promovidos por traficantes e gangues rivais em vias públicas, arrombamentos de imóveis residenciais e comerciais sem que as autoridades consigam controlar as rédeas, revelam algo pouco divulgado pela mídia local.

Na praça em frente ao Shopping Santa Cruz, no centro da cidade, o posto policial fecha impreterivelmente às 10 da noite. Os PMs vão embora como se nada estivesse a ocorrer. A bandidadem aproveita para tomar conta do pedaço.

O trânsito é outro gravíssimo problema enfrentado pela população. O excesso de veículos nas ruas transforma a cidade num verdadeiro caos. Aqui, pedestres e cadeirantes não tem vez. Os semáforos fecham antes que a maioria dos transeuntes atrevesse as ruas. Motoristas avançam em alta velocidade como se estivessem numa auto-estrada.

As mazelas não param por aí. Juiz de Fora é uma das cidades mais desarborizadas do Brasil. Seus administradores parecem não gostar da natureza. O concreto e a constante paisagem cinzenta lembram a Pauliceia desvairada - guardando as devidas proporções, claro.

O lado positivo de JF, além do clima tropical de altitude, supera expectativas. Por sua proximidade com as três mais importantes capitais do país - São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, ocupa posição estratégica do ponto de vista econômico e educacional.

Dispõe, também, de amplo e importante roteiro cultural com apresentações diárias de peças teatrais, concertos musicais em espaços públicos e privados, shows com artistas renomados da MPB, entre outras atrações de qualidade.

No imensurável comércio encontra-se de tudo, desde simples barracas de rua até as mais sofisticadas vitrines. Imensas galerias, shoppings centers gigantescos e uma rede hoteleira de dar inveja em muitas capitais. Há também hipermercados abertos 24 horas  por dia.

Não é á toa que Juiz de Fora ostenta o título simbólico de a "Manchester" mineira, apesar de sua pública e notória "carioquice". Por incrível que pareça, os nativos desta cidade não "sabem" para que lado fica ou "nunca" ouviram falar sobre uma de tal de Belo Horizonte.

Todos conhecem, porém, os caminhos que conduzem até as praias da Zona Sul do Rio. Copacabana, Ipanema, Leblon e a Barra da Tijuca ficam logo "ali", atrás daquela montanha.

Segundo a Desciclopédia, há uma antiga rivalidade entre Juiz de Fora e Belo Horizonte, tendo a última aliados matutos das cidades vizinhas que acham  BH  a maior vila caipira do mundo.

"Belo Horizonte nasceu da maior cagada histórica feita em Minas Gerais. Em mil novecentos e guaraná com rolha, no meio do nada foi fundado um curral com um clima agradável (para sapos e animais pantanosos), hoje conhecida como Belzonti", satiriza.

Alguns dados sobre Juiz de Fora, conforme a Desciclopédia:

Gentílico: Juizforano, farofeiro, carioca do brejo, caipiroca.

Idiomas: Carioquês: 70%; mineirês: 20,99%; português: 9,9%; português do novo acordo ortográfico: 2%.

População: Homens: 7,43%; gays, lésbicas, incubados e "simpatizantes" da causa: 80,35%; mulheres: 13,57%.

Municípios limítrofes: Duque de Caxias, Xerém, Seropédica, Três Rios e, obviamente, Rio de Janeiro.

Religião:Maçonaria, espiritismo, mormonismo, crentismo, feicebuquismo, maconhismo, macumbismo e indieanismo.

Nada, porém, substitui a pérola dita por uma dançarina "loira" inventada pela mídia: "Sou baiana de coração e carioca de Juiz de Fora." É mole?


Gol Linhas Aéreas tem as menores tarifas para você viajar pelo Brasil. Veja algumas ofertas:

São Paulo - Rio de Janeiro: 6 x R$ 29,00
Rio de Janeiro - Vitória: 6 x R$ 24,00

Salvador - Maceió: 6 x R$ 21,00

Brasília - Rio de Janeiro: 6 x R$ 20,00

Fortaleza - Recife: 6 x R$ 46,00



                                   www.novavirtualfm.com