domingo, 23 de fevereiro de 2014

Narrador esportivo fraternoso e encrencoso


Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
cacarejadavirtual/


>> “Alôooooooo torcida do meu Brasiiiiiiiil varonil, aquele abraço fraternoso! Cá estamos nós nos aprochegando-se para mais uma sensacional jornada esportiva, direto do maior estádio deste mundão grandaião". Vamos orar e pedir ao Senhor do Bonfim para que esta peleja futebolística seja de muitos gols para a alegria do torcedor em qualquer canto deste Brasilzão abençoado pelos orixás". 

Era assim que Severino da Paixão, o “Gafanhoto”, (nome fictício para evitar eventuais ameaças de processo contra este aprendiz de escrevinhador que vos cacareja) iniciava suas transmissões em off-tube das partidas de futebol entre  os times cariocas para uma emissora de rádio no interior da Bahia.

Um desses episódios ocorreu  no início da década de oitenta. Gafanhoto dizia a todo instante: “Estamos aqui direto do Maracanã, no Rio de Janeiro”, quando na realidade encontrava-se no quarto de sua casa acompanhando o jogo pela TV e narrando tudo em cima do lance — prática, aliás, comum atualmente por questões de economia nas transmissões esportivas radiofônicas.

Uma vizinha tagarela descobriu a jogada e contou para os comerciantes que patrocinavam o esquema acreditando que o narrador estaria mesmo no maior estádio do mundo.

Indignados com o que classificaram de “embromação anti-obtemperante” por parte do speaker, os empresários foram até a emissora concorrente denunciar o caso no programa policial “Patrulha da Cidade”.

Registraram também um “B.O” na delegacia local. O delegado, cujo bigode media mais de um palmo e o olhar visceral metia medo até nos exus dos terreiros de macumba, prometeu abrir sindicância para apurar a “gravidade do pobrema.”

O radialista quase foi linchado pela população revoltada com a tramoia. Gafanhoto, que também acabou se encrencando com a lei diante do misterioso sumiço de um jornalista desafeto — tendo sido apontado como o principal suspeito do caso foi, sem dúvida, um dos pioneiros do off-tube esportivo no Brasil.