quinta-feira, 17 de julho de 2014

Tempos virtuais


Por Marcos Niemeyer

>> O sujeito deixa escapulir uma flatulência fedendo a ovo podre e vai até o Feice Buque ou Twitter contar para o mundo o ato “magnânimo”; a rebelde patricinha “loira”, filha da madame emergente, faz tatuagem no traseiro empinado e lança mão das redes sociais para contar a novidade; um político corrupto rabisca no curto espaço que “amo o meu povo”; um crente fanático e analfa anuncia com letras garrafais o “fim dos tempos” e, de quebra, lembra que os dez por cento dos fiéis garantem a “vida eterna” no paraíso.

Confira algumas pérolas pescadas por este blog nos referidos espaços virtuais.

“Foi a primeira vez que fiz sexo anal na vida. E, apesar da tensão inicial, foi ótemoooooo! Quero de novo”

"Gosto dimais da konta di cintir o xêro do meu propro péido e gosto tamem kdo minha namorada çolta um péido na minha kara e mim pedi preu goza goztozu"

"Konto cum seu voto nas proxima eleição por causa de conta qui gosto de cortir o chero do povo"

“Cristo é tremendu, quentin e gostosin eli vouta há qualker momento mais temus que té dó dele e dechar os deiz por centu na igreja só assim vamos entrari no paraizo”

“Ai essa porra é im inglês naumm tem em portuguez” “Gozei deiz veiz hi inda quiria mais u kara naum deu konta bem ki eli pudia té tomado un vehagra”

“Palmas prá minha mãe que conseguiu pizar no meu notibuki e fuder a minha vida mas meu amor min imprestô o dele pra min”

“Carnaval ê uma fielsta pubrica prá todus ceres umano mostra o k tem de melhor e pas e naum violenza”
....

GEMENDO NO TELHADO

Quem aguenta barulho de gato phodendo no telhado? Os bichos arrumam uma gritaria e uma gemeção do caraio. Recentemente fui testemunha ocular de um casal de bichanos 'ciscando no tapete'. Parecia alma penada, numa sexta-feira 13.

Minha vizinha, uma balzaquiana solteirona das mais assanhadas, disse que ficou com 'inveja'. E eu retruquei diante da janela dela: — Nesse aspecto, Dona Fulaninha, os cachorros são mais comportados. Ficam 'garrados' até que a coisa do macho desapoquente, sem estardalhaço. Um a zero para os cães.
....

CAYMMI TINHA RAZÃO 

Seguindo, talvez, um modismo propagado por mulheres midiáticas, tem surgido no Feice Buque imagens femininas com o rosto totalmente natural, sem qualquer espécie de maquiagem.

É surpreendente como os cosméticos modificam a estética dos rostos, até mesmo daqueles não muito beneficiados pela natureza ou marcados pelo tempo. Sem dúvida, um leve toque de batom, esmalte ou qualquer outro artifício idêntico simplesmente realça a beleza feminina.

O contrário, no entanto, mulheres borradas dos pés à cabeça com pinturas, tatuagens em excesso, etc, foge do bom senso e do aceitável. O mestre Caymmi já dizia: "Marina, morena Marina/ você se pintou/ Marina, você faça tudo/ Mas faça um favor/ Não pinte esse rosto que eu gosto/ Que eu gosto e que é só meu/ Marina, você já é bonita com o que deus lhe deu.../
....

CHURRASCO ENTRE AMIGOS

Será no próximo dia 26 (sábado), a partir das duas da tarde, na sede dos Acadêmicos do Bairu, no bairro homônimo em Juiz de Fora, o "Churrasco dos Amigos". Realizado pelo comunicador da Rádio Cidade FM, Douglas Polato, o evento deve reunir profissionais da comunicação de Juiz de Fora e Rio de Janeiro ao som de grandes hits dos anos 70, 80 e 90 (flashbacks). O valor simbólico do encontro é de vinte e cinco reais por cabeça. Maiores informações: (32) 9102.0557. Estaremos lá!
.