quarta-feira, 9 de julho de 2014

Um dia é da caça e o outro do caçador


Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
cacarejadavirtual/


>> Valeu, Mike Jagger! Você é PÉ QUENTE. Acho, no entanto, que até Hitler seria mais "bonzinho" com a tal da 'seleção brasileira'. Por sua vez, o técnico da Alemanha, Joachim Löw, ataca de phodástico. Além de mastigar as melecas que tira do nariz, o cabra armou o time para aplicar um inesquecível e impiedoso chocolate no adversário.

E veja só: antes, o "professor" Felipão — já praticamente demitido pela Rede Globo  era o rei da cocada preta. Agora, é o cão chupando brasa.
....

SARAVÁ, MIZIFÍ!

Já tem gente dizendo por aí que a Alemanha contratou um pai de santo baiano pra fazer uma "urucubaca pesada" contra o adversário. E quem baixou no gramado foi Sêo 7, o novo "Rei" das encruzilhadas. Esses porras loucas careciam mesmo em calçar as sandálias da humildade. A valente e gloriosa Alemanha botou sem dó nem piedade no fuleco deles. Todos os cães do Brasil agradecem. Afinal, acabou a soltação de bombas, foguetes e o barulho infernal das malditas vuvuzelas nos tímpanos dos dogs.
....

GALO CARIJÓ É MELHOR DO QUE O FAMIGERADO "ESCRETE CANARINHO"

O Tupi de Juiz de Fora, popularmente conhecido como "Galo Carijó", também encheria o balaio dessa tal seleção brasileira', caso jogasse com a dita-cuja. Recentemente o time foi ao Rio e colocou o Flamengo na roda durante um jogo treino, no "Ninho do Urubu". A equipe mandou bala quatro vezes nas redes do "mais querido", contra dois gols assinalados pelo adversário.
....

CHUMBO GROSSO

E preparem o balaio. No próximo sábado (12) a Holanda vai descontar a derrota sofrida para a Argentina em cima do anfitrião tupiniquim. Chora, cambada!
....

Sob o título "Para aqueles que não entenderam a não torcida pelo Brasil de alguns poucos, a exemplo de mim", circula na internet um texto apócrifo que traduz de forma direta e objetiva esse sentimento doentio que a maior parte da nação nutre pelo futebol, conforme este blog transcreve na íntegra.

Isso representa mais que um simples jogo! Representa a vitória da competência sobre a malandragem. Serve de exemplo para gerações de crianças que saberão que pra vencer na vida tem-se que ralar, treinar, estudar! Acabar com essa história de jeitinho malandro do brasileiro, que ganha jogo com seu gingado, ganha dinheiro sem ser suado, vira presidente sem ter estudado. O grande legado desta copa é o exemplo para gerações do futuro. Que um país é feito por uma população honesta, trabalhadora, e não por uma população transformada em parasita por um governo que nos ensina a receber o alimento na boca e não a lutar para obtê-lo. A Alemanha ganha com maestria e merecimento. Que nos sirva de lição. Pátria amada Brasil tem que ser amada todos os dias, no nosso trabalho, no nosso estudo, na nossa honestidade. Amar a pátria em um jogo de futebol e no outro dia roubar o país num ato de corrupção, seja ele qual for, furando uma fila, sonegando impostos, matando, roubando! Que amor à pátria é este? Já chega! O Brasil cansou de ser traído por seu próprio povo. Que sirva de lição para que nos agigantemos para construirmos um país melhor. Educar nossos filhos pra uma geração de vergonha. Uma verdadeira nação que se orgulha de seu povo, e não só de seu futebol.
.