terça-feira, 23 de setembro de 2014

Falando de rock e cultura


Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
facebook/


 >> O jornalista Alexandre Figueiredo acaba de lançar seu primeiro livro  Pelas Entranhas da Cultura do Rock, disponível no portal do Clube dos Autores e também através de livrarias parceiras online, a exemplo de a Saraiva e  Amazon.

A obra reúne uma seleção de artigos que Figueiredo havia escrito no antigo portal da Webrádio Rocknet e outros ensaios disponibilizados na mídia alternativa ou em blogs. O trabalho inclui inúmeros textos sobre bandas alternativas, clássicos do rock e também teoria musical e política. 

Jornalista dos mais críticos da música, da cultura brasileira e dos modismos que pipocam feito formiga no pote de açúcar, Alexandre Figueiredo tornou-se leitura das mais consistentes na internet desde os tempos de a coluna Pelos Porões do Rock, em uma rádio online de Niterói — desativada há mais de uma década — e de suas participações em um jornal comunitário de Salvador, na Bahia, até os blogs Mingau de Aço e o Kylocyklo, recentemente paralisados por falta de tempo, como anunciou o autor em sua página do Facebook.

O livro trás, também, textos inéditos que incluem dois temas que seriam comentados em suas páginas, um deles sobre os Mutantes. "Acontece que o portal foi fechado sem que eu fizesse um esboço dos textos e eles só foram definidos recentemente", explica Alexandre.

Conforme o jornalista, há duas entrevistas na publicação, uma com o diretor teatral e ensaísta Luiz Carlos Maciel e outra com o artista plástico niteroiense, Marcos Vinicius.

Em seu mais recente blog, Linhaça Atômica — Alexandre Figueiredo informa que os artigos foram atualizados para acompanhar os rumos dos novos tempos, além de corrigir e ampliar informações. "Preferi assim para não reduzir meu livro a uma mera reprodução do que já foi escrito, embora a base geral dos textos originais fosse mantida em sua maior parte", anuncia.

O escritor disse ainda que não era seu objetivo fazer uma mera coletânea, citando o caso constrangedor de Merval Pereira, reacionário jornalista das Organizações Globo que entrou para a Academia Brasileira de Letras pela porta dos fundos, sem ter lançado uma publicação inédita ou relevante.

O livro Pelas Entranhas da Cultura do Rock — que não pode faltar nas melhores estantes, nem tampouco no meio artístico — tem sido divulgado com boa aceitação no Facebook, onde Alexandre vem recebendo inúmeras mensagens de apoio de outros escritores e jornalistas progressistas/independentes e do público em geral.

PS:. Retribuímos com votos de estima e consideração a cordialidade com que Alexandre Figueiredo, um dos colaboradores deste blog Cacarejada Virtual — onde escreve eventualmente artigos sobre os mais diversos temas — nos citou em sua lista de agradecimentos. Divulgar a cultura, a boa música e as artes em geral é, acima de tudo, um compromisso e até mesmo uma obrigação que temos para preservar e levar ao conhecimento público o lado bom e inovador de tantos talentos ignorados pela podre e retrógrada mídia .
.