segunda-feira, 8 de junho de 2015

Os brechós do Rio estão em alta


Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
facebook/


>> Da Zona Norte passando pelo centro da cidade até a Zona Sul carioca, são mais de cem estabelecimentos do gênero. Tem até brechós de luxo frequentados por artistas e "madames" emergentes. Nativos, turistas, estilistas e figurinistas vivem a fuçar as araras em busca de peças vintage e incontáveis relíquias. 

Percorremos recentemente alguns deles, onde é possível encontrar raridades das décadas de 50, 60, 70 e 80 mesmo com pouco dinheiro no embornal (saco com ração que se prende ao pescoço das bestas ou para transportar provisões e ferramentas, segundo o Dicionário Priberan).

Impossível mesmo é não voltar pra casa com "trocentas" coisas do arco da velha garimpadas nesses maravilhosos redutos resistentes aos tempos modernosos. Recomendamos dezesseis estabelecimentos do gênero, em diferentes pontos da Cidade Maravilhosa.

01) EU AMO 
Rua Monte Alegre, 374, casa 1 — Santa Teresa, Fone: 2221-2855.

02) DE SALTO ALTO 
Rua Siqueira Campos, 143, loja 44, Copacabana — Fone: 2236-2589.

03) ESTILO BY CELSO 
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 581, loja 352 — Copacabana, Fone: 2255-4004.

04) FAST FASHION 
Rua Aníbal de Mendonça, 173, casa 2 — Ipanema, Fone: 2512-1728. 05) 

05) PETIT LILLY 
Rua Visconde de Pirajá, 550, loja 319 — Ipanema, Fone: 2239-3707.

06) EMPORIUM DO FUTURO
Rua Dias Ferreira, 420, loja D — Leblon, Fones: 2294-0992 / 2239-1803.

07) ANEXO VINTAGE 
Rua Marquês de São Vicente, 52, box 170 (fundos do Shopping da Gávea) — Gávea, Fone: 2529-8253.

08) 1,2,3 FASHION 
Av. das Américas, 500, bloco 9, loja 129, Shopping Downtown — Barra da Tijuca, Fone: 3982-2123.

09) BRECHÓ DO CASARÃO 
Rua Haddock Lobo, 239, térreo — Tijuca, Fone: 2567-6864.

10) FLOR DE LIS 
Rua Hans Staden, 10, loja D — Botafogo, Fones: 2266-7939 / 3737-7939.

11) BRECHOLAR 
Rua Marquês de Abrantes, 26 — loja G, Flamengo, Fone. 2556-2878.

12) GARIMPO CARIOCA
Rua Senador Vergueiro, 218, loja 23 — Flamengo, Fone: 2554-6282. Filial Laranjeiras/ Rua das Laranjeiras, 21, loja 14, Fone: 2556-0080.

13) BRECHÓ DO ADYLSON 
Rua das Laranjeiras, 21, loja 31 — Laranjeiras, Fone: 2205-7260.

14) DESCULPE, EU SOU CHIQUE 
Rua Alice, 75 — Laranjeiras, Fone: 2225-6059.

15) BRECHÓ DA PATY 
Praça Cristiano Ottoni, s/n, subsolo, lojas 1 e 2, Estação Central do Brasil — Centro, Fones: 2518-2767 / 2233-1376. Filial Copacabana: Rua Figueiredo de Magalhães, 414, Fone:. 2225-9887.

16) BRECHÓ ESTELA OLIVEIRA 
Rua Lopes Quintas, 53 — Jardim Botânico (a poucos metros da Rede Globo), Fone: 2247-0030.

É bom lembrar que todos os brechós aqui mencionados estão no Facebook. Alguns, inclusive, tem até o próprio site. Para encontrá-los num piscar de olhos, basta digitar o nome de cada um no Google. Além das indefectíveis caminhadas, usamos como fonte de pesquisa para farejar esses concorridos locais o livro Guia de Brechós do Rio de Janeiro, de Manuela Borges.
....

OUTRAS NOTAS CARIOCAS

Quem procura raridades musicais fora do mundo virtual não deve deixar de conhecer a Arlequim — www.arlequim.com.br —, especializado e bem sortido espaço em discos e DVDs de jazz e de música erudita, situada na Praça Quinze, no Centro Histórico do Rio de Janeiro.

Já está disponível na loja, por exemplo, a coleção de álbuns originalmente editados em LPs, quase todos pela Atlantic Jazz, entre 1957 e 1976 e agora relançados pela Warner. Impossível não viajar no tempo com Charles Mingus, o trombonista Frank Rosolino, as vocalistas Betty Carter e Carmen McRae, além de Duke Ellington, John Coltrane, Joe Zawinul, Gil Evans, Keith Jarrett e Dave Brubeck entre outros não menos relevantes nomes jazzisticos.

PROFANO

Ao lado do Teatro Rival, na Cinelândia, área central do Rio, tradicional e consagrado espaço onde se apresentam quase que diariamente grandes nomes da MPB, há um antigo cinema especializado em exibições pornográficas. Na noite deste sábado (6) estava escancaradamente em cartaz a seguinte película: "Suruba caliente com solteironas apetrechadas". A fila de espectadores dobrava o quarteirão. 
.