terça-feira, 11 de outubro de 2016

Itamar Franco; um nome que merece ser lembrado


Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
mnfacebook/


>> Político dos mais honestos e trabalhadores da história brasileira (algo cada vez mais raro), o ex-presidente Itamar Franco (1930/2011) tem seu nome merecidamente estampado nas placas de uma das mais movimentadas vias de Juiz de Fora — cidade que escolheu para viver e começar sua trajetória na vida pública como candidato a vereador (era natural de Salvador, na Bahia, onde nasceu a bordo de um navio procedente do Rio de Janeiro).

Engenheiro Civil formado em 1955 pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFMG), foi prefeito da "Manchester Mineira" por dois mandatos, senador, governador de Minas, vice-presidente da República e presidente do Brasil, em 1992, quando Fernando Collor de Mello (então presidente) sofre processo de impeachment decretado pelo Congresso Nacional e renuncia ao cargo para não ter o mandato cassado.

Além da Avenida Itamar Franco, com cerca de três quilômetros e meio ligando a área da Praça da Estação, no centro da sede, ao movimentado bairro São Mateus, na Zona Sul da Cidade, o Aeroporto Regional da Zona da Mata leva o nome do notável político.

E para nativos e turistas que querem conhecer um pouco mais sobre os registros do período da República no Brasil, Juiz de Fora oferece o Memorial Presidente Itamar Franco. Aberto diariamente ao público, das dez da manhã às oito da noite, o espaço, pertencente à universidade, guarda parte da trajetória de Itamar.

É possível conferir no local dezenas de móveis, objetos pessoais e homenagens que o político ganhou ao longo da vida. Outro importante destaque do museu é o fusca azul-celeste conversível, usado por ele na reinauguração na linha de montagem do modelo, em agosto de 1993, e que foi adquirido pelo próprio.
.