quarta-feira, 27 de setembro de 2017

O livro que conta tudo sobre um dos maiores nomes da MPB



Por Marcos Niemeyer
mniemeyer50@hotmail.com
facebook.mn


>> Estamos lendo e recomendamos "Até parece que foi sonho: meus trinta anos de amizade e trabalho com Tim Maia" (Editora Matrix) — do cantor e compositor Fábio Stella. Escrito pelo jornalista baiano Achel Tinocco a partir de depoimentos do próprio Fábio, o livro relata de maneira instigante fatos incríveis deste grande nome da música brasileira.

Aqui ele revela várias dessas passagens, que também são parte de sua própria vida pessoal. Saiba, entre outros fatos, por que Tim Maia é chamado de "Síndico" na música de Jorge Benjor, como foi a relação de Tim com Roberto Carlos e por que Tim foi preso nos Estados Unidos.

Saiba, também, a história do terreno que ele comprou e teve que demolir a casa depois de pronta porque construiu num espaço ao lado achando que era aquele o de sua propriedade; o motivo pelo qual foi proibido de se apresentar nos programas da Rede Globo; a submetralhadora que Tim comprou de um traficante carioca (e ainda disparou a seguinte peróla: 'a mão que segura um microfone, também segura uma metralhadora'); os amores; a solidão; as brigas; a seita Universo em Desencanto (da qual fez parte) e muitas outras histórias que o grande público desconhece.
.
.